Assine!Receba nossa Newsletter!
Saiba mais!

Cresce turismo doméstico em São Paulo

Share

A quantidade de visitantes brasileiros atendidos nas Centrais de Informação Turística (CITs) da capital paulista cresceu 49,5% em julho, comparado com o mesmo mês do ano passado. O levantamento foi realizado nos locais e consolidado pelo Observatório de Turismo e Eventos, núcleo de estudos e pesquisa da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos).

CIT TIETE - SÃO PAULO (SP) - 26.06.2014 - GERAL - VISTA DA CENTRAL DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA CIT TIETE. FOTO: JOSE CORDEIRO/SPTURIS

No total, foram 9.081 pessoas atendidas, das quais 3.638 de turistas brasileiros, considerando-se visitantes do Estado de São Paulo e outras unidades da Federação. Os números de atendimentos detalhados de julho foram:

– Turistas internacionais: 2.384
– Turistas nacionais: 3.638
– Estado de São Paulo: 693
– Outras unidades da Federação: 2.945
– População de São Paulo: 3.059

– Total de pessoas atendidas: 9.081

O secretário especial para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, reforça que há uma tendência de o brasileiro visitar e conhecer destinos no próprio país diante da atual conjuntura econômica. “Julho também foi um período de férias, quando São Paulo torna-se um lugar ótimo para ser explorado, com ruas mais tranquilas, atrativos mais vazios e praticamente tudo funcionando. Por isso, muita gente de outras cidades preferiu vir à cidade e este é um excelente momento para o turismo doméstico”, disse.

Aumento de passageiros

O mês de julho ainda teve maior movimentação de pessoas nos meios de transporte, com 15,1% mais passageiros nos aeroportos de Congonhas e Viracopos, e mais incremento de 1,5% de pessoas viajando pelos terminais rodoviários Tietê, Barra Funda e Jabaquara. Em números absolutos, houve, respectivamente, 2.691.181 passageiros nos dois aeroportos e 1.433.319 passageiros nas rodoviárias paulistanas.

O relatório completo está disponível em observatoriodoturismo.com.br

Serviço:

www.spturis.com

Share

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *