Assine!Receba nossa Newsletter!
Saiba mais!

Tocha olímpica visita três estados em um dia

Share
No caminho entre destinos mineiros e capixabas, a chama dá uma passadinha por cidades do estado sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

Tocha-olimpica-visita-tres-estados-em-um-dia

No décimo quarto dia de revezamento pelo Brasil a tocha olímpica tem um roteiro inusitado. Vai passar na segunda-feira, 16, por seis cidades de três estados: Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

O revezamento terá início às 8h no pórtico do município mineiro de Bicas. Conhecida pela beleza de suas paisagens compostas por fazendas históricas e serras cobertas pela biodiversidade local, a cidade também atrai os visitantes pela cultura e religiosidade. A Igreja Matriz de São José, com sua arquitetura, se destaca na paisagem urbana e o Santuário de Nossa Senhora da Água Santa preserva a história das curas realizadas desde o período colonial.

Leopoldina (MG) será o segundo destino visitado pelo fogo olímpico nesta segunda-feira (16). A cidade teve seu desenvolvimento impulsionado pelos ciclos do ouro e do café e hoje atrai os visitantes por sua história e riqueza cultural preservadas na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Piedade e na Catedral de São Sebastião, fundada em 1854. A passagem da tocha olímpica em Leopoldina está prevista para as 10h e a celebração do evento histórico será realizado na Praça João XXIII, localizada no centro da cidade, com apresentações de artistas locais.

A cidade de Muriaé será o último destino mineiro no revezamento, com início prevista às 12h50. A celebração será na Praça João Pinheiro com apresentações culturais de artistas locais e participação de alunos das escolas de Muriaé. O destino atrai os turistas pela indústria de confecção e pela beleza das cachoeiras, como a do Rio Preto, da Água Limpa e do Naor.

Após o final do revezamento em terras mineiras, a chama olímpica fará sua primeira visita ao Estado do Rio de Janeiro, para onde retorna no dia 27 de julho, com a chegada a Itaperuna. Localizada a cerca de 320 quilômetros da capital fluminense, a cidade também tem como um de seus principais atrativos uma estátua do Cristo Redentor. As igrejas de Nossa Senhora de Fátima e de São Benedito religiosidade são outras opções para os visitantes que desejam conhecer a cultura local.

O quinto destino de passagem da tocha, ainda no dia 16, será Bom Jesus do Itabapoana, por volta de 15h, com celebração na Praça Governador Portela, no centro. A cultura preservada na capela de Fátima, construída no final do século XIX, e as paisagens formadas pelas cachoeiras cercadas pela biodiversidade local destacam-se entre os atrativos locais.

Depois desta peregrinação a tocha chega ao Espírito Santo para pernoitar em Cachoeiro de Itapemirim, dando início ao tour pelo estado. A chegada do símbolo olímpico à cidade, que tem entre os atrativos naturais o Pico do Itabira, está prevista para as 17h55 na Ponte Coronel Francisco Athayde, e durante todo o percurso histórico pela cidade serão realizadas apresentações culturais, com homenagens ao cantor Roberto Carlos e ao escritor Rubem Braga, filhos ilustres da terra. O show de celebração será no Museu Ferroviário Domingos Lage, com apresentações de artistas locais.

Serviço:

www.turismo.gov.br

Share

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *